Reabilitação Auditiva

Audiogramas

Mais de 500 milhões de pessoas em todo o mundo têm algum grau de perda auditiva, sendo que cerca de metade estão em idade ativa. A importância do nosso Rastreio Auditivo prende-se com a prevenção de perda auditiva. Este exame constituído, essencialmente, por seis passos:

 

  1. Questões – O técnico colocar-lhe-á várias questões com o intuito de avaliar a perceção individual sobre o estado da sua audição. Desta forma, conseguirá perceber de que forma a audição terá sido afetada ou influenciada. Terá em conta o seu histórico clínico, o seu estilo de vida, a sua profissão e a existência de hábitos que o tenham exposto a ruídos por períodos longos.
  2. Avaliação Prévia – Antes da realização de qualquer exame auditivo, será necessário proceder a uma avaliação do seu ouvido externo. Desta forma, o técnico conseguirá verificar se as causas da sua perda auditiva poderão estar relacionadas com algum tipo de inflamação ou se se encontra obstruído por acumulação de cerúmen (tipicamente conhecida por “cera de ouvidos”). Esta avaliação é realizada através de uma videotoscopia. Caso se confirme alguma das situações descritas, o técnico referenciá-lo-á para um dos nossos médicos de ORL e, posteriormente será agendada uma nova consulta.
  3. Exame Auditivo – O técnico facilitar-lhe-á uns auscultadores específicos, através dos quais serão emitidos, de forma alternada em cada ouvido, variados sons com diferentes frequências. O procedimento é bastante simples, e apenas deverá premir um botão específico sempre que ouça um som. Os seus níveis de audição serão refletidos num gráfico, denominado audiograma, que indicará, por referência a cada ouvido, as frequências efetivamente ouvidas.
  4. Explicação – Ser-lhe-á mostrado o seu audiograma e explicado detalhadamente o tipo de perda de audição de que sofre, se for esse o caso. Acima de tudo, perceberá as soluções existentes para o seu problema específico, incluindo as situações em que se considere que o seu problema de audição possa ser solucionado sem recurso a um aparelho auditivo.
  5. Reabilitação – Será feito um teste funcional recorrendo a aparelhos de teste, para que dessa forma seja possível comprovar o benefício na sua utilização, e qual o modelo indicado para a sua perda auditiva. Dependendo do caso e, se necessário, será feito um molde do seu canal auditivo para maior conforto e benefício. A reabilitação poderá ter várias fases, até ser atingida a programação ideal para si e para seu conforto total. O aparelho auditivo não deverá ser um incómodo, mas sim um dispositivo que passará a fazer parte de si quase sem perceber que o está a usar. 
  6. Assistência e Manutenção – O técnico estará à sua disposição de forma contínua para fazer novos a ajustes caso necessário, e para realizar a limpeza do aparelho auditivo.

Endopsi Loures

Endopsi Lisboa