Apresentação

Conheça-nos melhor!

Bem-vindo à Endopsi

A nossa instituição divide-se em dois pólos: Loures e Lisboa.

A Clínica de Loures, localizada no centro da cidade, é um centro médico dotado de todos os equipamentos necessários ao funcionamento de consultas e atos clínicos, assim como realização de exames complementares de diagnóstico. Conta com um corpo clínico extenso, sendo que a grande maioria colabora há muitos anos com a equipa.

No centro de Lisboa, perto da Praça de Espanha, localiza-se o nosso consultório médico. Este é o local onde o Dr. João Silva Pires, médico endocrinologista, dá consultas em exclusivo, em parceria com a enfermeira Joana Pires, nas consultas de seguimento clínico. Existem ainda as consultas de clínica geral e de psicologia médica, com a Drª Fernanda Gaspar. Outras especialidades poderão ser encontradas em Lisboa, mediante disponibilidade dos profissionais de saúde.

A equipa administrativa e a direção clínica de ambos os pólos funciona em constante interação, motivo pelo qual nos orgulhamos da organização e individualização no atendimento e nos cuidados prestados aos nossos utentes.

Todos os nossos profissionais, membros da equipa e da direção trabalham diariamente para corresponder e superar as suas expectativas. Acreditamos que a individualização e personalização dos cuidados é indispensável para atingir o estado de saúde, prevenção ou tratamento da doença. Estamos cá para si!

Porquê ser esta a imagem que representa a nossa instituição?

O conceito de “Homem de Vitrúvio” foi desenvolvido por Leonardo Da Vinci em 1490, com base numa descrição pré-existente. Nele, Da Vinci representou as proporções ideais do corpo humano masculino. As proporções perfeitas expressam o ideal clássico de beleza do antropocentrismo (“o homem no centro do universo”). As posições dos braços e pernas expressam quatro posturas diferentes, inseridas num círculo e num quadrado, ao mesmo tempo. Expressa o conceito da “Divina Proporção” que se fundamenta numa das leis que regem o equilíbrio dos corpos, a harmonia das formas e dos movimentos. Assim, quando achamos algo bonito ou harmonioso, significa que essas formas obedecem a uma regra geométrica especial chamada proporção áurea.

Este estudo demonstra que todas as medidas têm uma proporção exacta, podendo ser comprovada. O Homem de Vitrúvio ilustra a tese filosófica segundo a qual “o homem é a medida de todas as coisas”, própria do Renascimento. É considerado como um símbolo da simetria básica do corpo humano e, por extensão, para o universo como um todo.

Transpondo isto para a nossa realidade, é nisto que acreditamos na Endopsi – não só que a medicina é uma arte, mas que o ser humano é a harmonia e a perfeição, sendo para nós “o centro de tudo” e o motivo de todo o nosso trabalho.